• Joana Pinheiro

Qualidade dos espermatozoides afeta as hipótese de engravidar


Sabia que a baixa qualidade dos espermatozoides pode diminuir até 50% as hipóteses de engravidar?

A infertilidade é normalmente associada a problemas de saúde na mulher. Fala-se muito sobre a perda de qualidade dos óvulos relacionado com o envelhecimento da mulher, mas não é a única causa.

Nos últimos anos tem-se observado entre os homens uma queda significativa da qualidade dos espermatozoides, reduzindo para metade as hipóteses de uma gestação.

Enquanto que numa mulher um ciclo menstrual regular saudável reflete a saúde da mulher, de maneira geral, a qualidade do esperma reflete a saúde do homem. Recorde-se que metade do material genético necessário para uma conceção é fornecido pelos espermatozoides.

Entre os principais fatores associados a baixa qualidade de esperma encontram-se as carências nutricionais, entre elas, as de zinco. A carência de zinco pode aumentar a conversão de testosterona em estradiol, levando a uma menor produção de espermatozoides. Em simultâneo, a existência de uma disbiose, o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, cafeína, uma idade avançada e a exposição frequente a agrotóxicos como o cigarro e poluição podem também contribuir para uma baixa qualidade do esperma.


As informações contidas nesta publicação são de uso educacional e informativo; não substituem o aconselhamento adequado de um médico e/ou nutricionista. Procure sempre ajuda de um profissional especializado.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo