• Joana Pinheiro

Combate às cólicas dos bebés


As cólicas dos bebés resultam da imaturidade do sistema digestivo dos recém-nascidos e a sua ocorrência e intensidade varia de bebé para bebé. Consiste numa combinação de espasmos musculares e dores, muitas vezes de noite, com choro constante, aliviado após a saída de gases ou fezes. Este desconforto é mais comum nos primeiros meses e normalmente passa quando o bebé chega aos 4 meses. Seria fantástico eliminar as cólicas por completo dos bebés mas, infelizmente, tal não é possível. Contudo, é possível reunir cuidados para ajudar o bebé a não sofrer tanto com as cólicas.

As cólicas vão melhorando à medida que ocorre o desenvolvimento da flora intestinal do bebé, assim como à medida que passa a haver uma maior produção de enzimas digestivas e há um amadurecimento da mucosa gastrointestinal.

Hoje em dia sabe-se que um bebé amamentado pode ter menos cólicas se a alimentação da mãe for variada, equilibrada e livre de corantes, conservantes, entre outros aditivos alimentares. Existem determinados alimentos que, quando consumidos frequentemente, também podem originar desconfortos, tais como o açúcar, o café e o chocolate. Os alimentos que causam desconforto na mãe provavelmente também o fazem no bebé. Todavia, isto não quer dizer que não possam ser ingeridos, mas deve haver bom senso no seu consumo. Já outros alimentos são mesmo contra-indicados da aleitante, como o caso das bebidas alcoólicas e os adoçantes. Para os bebés que são alimentados com fórmulas infantis, existe uma maior probabilidade de sofrerem destes desconfortos.

Converse com o seu pediatra e nutricionista para ajustar a fórmula/ sua alimentação e eventualmente suplementar. É de salientar que esta informação é geral e não tem em consideração a individualidade mãe-bebé.

#cólicas #amamentação #bebé

197 visualizações

Copyright © 2020 Nutri Super Health